Rottweiler

Rottweiler

A RAÇA ROTTWEILER

Rottweiler

Rottweiler

Origem: Alemanha

Aptidões particulares: Cão de companhia, polícia

Esperança de vida: 10 anos

Tamanho do macho: 61 – 68 cm. aprox.

Peso do macho: 45 – 54 kg aprox.

Tamanho da fêmea: 56 – 63 cm. aprox.

Peso da fêmea: 42 – 50 kg aprox.

Padrão FCI: Número 147 – Grupo 2

 

História do Rottweiler segundo o Criador:

(feito á pedidos :D )Na era do Império Romano por volta de 74 D.C, suas legiões realizaram uma invasão ao sul da Alemanha; nesta incursão bem sucedida, tais legiões levavam cães que faziam importante trabalho de pastoreiro de gado, guarda de acampamentos e também de prisioneiros.

Eles surgiram em uma cidade conhecida pelos romanos como Arae Flaviae, importante pólo administrativo e social da época. Com o passar do tempo a cidade se desenvolveu, seus prédios foram cobertos por telhas artesanais vermelhas e por esta razão passou a ser denominada Rotwill, que quer dizer Vila Vermelha, mais tarde passou a ser chamada e conhecida por Rottweil.

Rottweiler

Rottweiler

Entre 250 e 260 D.C os conquistadores romanos foram expulsos por tribos locais que destruíram as edificações ali existentes.

Esquecidos, permaneceram alguns cães que treinados para defenderem suas casas até a morte, devem ter sucumbidos. Os sobreviventes foram envolvidos em atividades de criação de gados e apoio a outros serviços.

Rottweil prosperou, tornou-se um grande mercado atraindo boiadeiros, fazendeiros e comerciantes. Até este momento, a raça era conhecida pelo nome de MTZGERHUND. Eram utilizados para condução de gado e também para assegurar o retorno do dinheiro arrecadado com a venda do rebanho, já que nenhum lugar é mais seguro que a coleira deles; ninguém arriscaria mexer no pescoço dos valentes cães de guarda.

Por todos estes atributos, houve um crescente respeito pelos cães de açougueiro e os criadores locais começaram a cruzá-los seletivamente.

O nome Rottweiler foi atribuído para distingui-los de outros cães de seu tipo, porém considerados inferiores.

Rottweiler

Rottweiler

Nesta época o Rottweiler era útil para tracionar charretes e conduzir tambores de leite, continuando desta forma até 1800, quando a ferrovia assumiu o transporte de gado e de leite; e os cães foram substituídos por burros.

Em 1982, surge o primeiro registro de um Rotweiler sendo apresentado em uma exposição de cino-filia, em Heibronn. Com a perda da utilidade e popularidade, o Rotweiler decresceu ao ponto de no início do século quase chegar a extinção.

O interesse pelo Rottweiler voltou a acontecer no norte da Alemanha, ao invés do sul, de onde surgiram. Esse interesse veio por causa de suas virtudes, como o trabalho de polícia. O clube alemão do Rottweiler (ADRK), foi fundado em Heidelberg, em 13 de janeiro de 1907. O ADRK tounou-se vinculado a Associação Alemã de Cães Policiais, que incluiu a raça da relação das apropriadas para a realização do trabalho de cão policial.

Em 1921, foi criado o clube geral de Rottweiler (Allegemeiner Deustcher Rottwieler Klub – ADRK) que tinha como lema: “Criação de Rottweiler” e “Criação de cães de trabalho”.

A raça foi reconhecida pelo Kennel Club em 1930 e pelo Kennel Clu Grã- Bretanha em 1936.

Rottweiler

Rottweiler

Caracteristicas da raça

Rottweiler

Rottweiler

País de origem: Alemanha

Nome do cidade de origem: Rottweil

Utilização: tração, guarda e boiadeiro

Pelagem: média e longa

Cores: preto com marcação em castanho

Temperamento: pacífico e amigável

Relacionamento:

Difícil com outros cães

Com crianças são ótimos

Com os donos são excepcionais

Rottweiler

Rottweiler

Altura:

Macho – 63 a 64 cm

Fêmea – 60 a 61 cm

Peso:

Macho – 50 kg aproximadamente

Fêmea – 42 kg aproximadamente

Guia completo da raça (Rottweiler)

 

Informações extraídas do Site do Canil Von Miglioli.

 

Clique em um dos links abaixo para adquirir um filhote:

Rottweiler

Rottweiler

Canil Von Miglioli;

Canil Von Norden;

Canil Rottweiler Von Rottssel;

Canil Von Olívio;

Canil Di Ferraresi;

Canil Von Germanisch;

Canil Kaiserland;

Canil Morada dos Lobos;

Canil Crioulos de Minas.

5 Comments

  1. Vitor disse:

    Adorei cara, tenho uma rottweiler e sempre quis saber um pouco mais sobre a raça… é mto bobalhona mas quando precisa ela fica esperta e bota medo em qlqr um usahuhasuhasuhauhsuhasuhas

    ótimo post parabens

    • debora batista gonçalves disse:

      olha, eu tinha muito medo desses cachorros. Mas como eu também sei que
      o ser humano não é santo, eu me aprofundei mais nas necessidades bási
      cas de que o ser humano não deve jamais maltratar os animais, pois se não
      gosta ou não pode ter não os tenha.

      • debora batista gonçalves disse:

        eu mandei um comentário outro dia sobre a raça rottweiller.Pois eu não acho que seja um cão assassino, pois se batemos ou ameaçamos, temos de enfrentar as consequencias do que fazemos, certo?
        Não se deve judiar e maltratar os pobres animais que não nos fazem
        mal.

  2. Fernando Borges disse:

    Estou pra ganhar uma femea, me fale mais sobre esta raça e possiveis problemas posso vir a ter para evita-los, e uma grande duvida tenho um Basset que é o chodó da casa, corro algum risco ???

    • ray disse:

      tambem tenho uma basset, e ganhei um rottweiler já adulto.. no começo fiquei com medo de ele machuca-la, mas eles se deram super bem, pra onde um vai o outro vai atrás! só tem que ter cuidado quando sua basset estiver no cio!


Pesquise!

Curtir no facebook

Receba atualizações no seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Sobre nós