Husky Siberiano

Husky Siberiano

RAÇA HUSKY SIBARIANO

Husky Siberiano

Origem: Croácia

Aptidões particulares: Cão de companhia e de trenó.

Esperança de vida:

Tamanho do macho: 53 – 60 cm. aprox.

Peso do macho: 21 – 28 kg aprox.

Tamanho da fêmea: 50 – 56 cm. aprox.

Peso da fêmea: 15 – 23 kg aprox.

Padrão FCI: Número 270 – Grupo 5

A RAÇA

O Husky Siberiano é um cão de trabalho de porte médio e originando a única função dele puxar o treno.
Criados por povos nômades ,ele não tem senso de propriedade territorial … sendo assim nao preenche qualquer função de cão de guarda.
Gostando de liberdade e amplos espaços sem cercas – lê deu o atributo , de ser um cao “fujão”.
Cães criado em matilha e família, ele mantive a docilidade e afeto a pessoas -mas ele não gosta ficar muito tempo sozinho.
A família humana sempre e visto como a matilha e companheiros , sendo uma mão firme de todas
São aconselháveis para manter ele como menbro e não como “leader”  O temperamento muito dócil e oriundo da criação dos nômades – afinal os cães eram a condução mais importantes – filhotes foram criados junto com as crianças dentro dasHusky Siberiano tenders.
Ao contrario de muitos comentários – o Husky e muito ligado ao dono ,porem aceita mudança da familia sem apresentar grandes problemas, desde que ele encontra novamente uma matilia / família,incluido o “lugar dele” na hierarquia De temperamento independente, não deve se esperar a obediência da escola tradicional , porem na base de parceria o Husky e capaz de extrema performance em competições, esportes e atividades. Esta parceria – contato entre as pessoa e o cão- se faz necessário para o seu
trabalho original – de puxar trenó. Afinal sem um poucinho de obdencia, o trenó puxado por eles não iria para lugar algum – sendo apenas dirigido pelo comando de voz…..
Apesar de não constar nas listas das raças mais inteligentes , e capaz aprender coisas , sem ser ensinado – abrir portas para ambos os lados ja e convencial… abrir porta de geladeira ………….
Fazendo interder o que queremos do nosso Siberiano , ele fará com certeza , sem cansaço.
Enfim, ele requer a atenção do dono – ate poderá ser ciumento!
A pessoas estranhas ou visitas em casa o Husky geralmente se comporta com curiosidade Porem reservada. Não apresenta nem um sinal de agressividade.Crianças são bem tolerados .
Levando – alem da beleza natural – o temperamento em consideração
Teremos um amigo e companheiro a vida toda!!

Padrão da Raça

Os padrões foram escritos através dos primeiros pessoas interessados  numa certa seleção

De um numero de cães da mesma tipicidade e caráteristicas  e  geralmente para exercitar uma certa função de trabalho especifico.

Nestes primeiros “padrões” descreva se as semelhanças da maioria dos cães disponíveis em questão , escolhidos para esta função , sendo altura, movimentação, cabeça, pelagem,cores

…e, também o  temperamento.

Este “padrão”, uma vez aprovado pela FCI ( Federação Cinológica Intenational )

Husky SiberianoAtravés de solicitação do país de origem, será registrado e publicado.

Qualquer alteração são processos muito demorados e precisam ser avaliados pelas entidades e criadores autorizadas de cada raça especifica.

Os padrões originalmente são editados na língua do país origem da raça e em francês – língua oficial da Bélgica – matriz da FCI.

Traduções para outras línguas e a responsabilidades de cada entidade associado, membro da FCI, em nosso caso a CBKC.

Voltamos ao nosso caso: Por que o padrão?

Já imaginarmos, que cada pais/região criasse um Husky como bem entende?

Provavelmente cada uma criava os cães da mesma raça conforme gosto e preferéncia pessoal, com tipicidade diferente. Isto resultara numa mudança da raça no mundo inteiro.

Lembramos, que cada raça tem alguma funcionalidade e qualidades / temperamento desejáveis escritos no “padrão”, mas também os indesejáveis, sendo estes podem mudar

A raça completamente, em nosso caso : Huskies muito pequenos, leves,extremamente pesados ou grandes, pelagens muito finas e longas , mudanças de temperamento, e não

Se fala em eventuais resultados de mestiçagens com outras raças parentes ou parecidos.

Resumo:

O padrão internacional se faz necesário para podermos manter aquela especifica raça idêntica – sendo usada na função especifica ou não – no mundo inteiro! O Husky Siberiano criado não Austrália terá as mesmas caráteristicas como no do Brasil ou dos Estados Unidos (pais de origem) . Já imaginarmos, se os nossos Huskies em algumas anos se apresentem lindos e bonitos, mas não servem mais para cumprir a função deles – a de puxar o treino? Freqüentemente se ouve as palavras de envolvidos, Srs.juizes de exposições de beleza, criadores e entendidos : “…. mas isto ou aquilo  não e conforme o padrão ! Certamente teremos margens de interpretação do padrão …… mas, o padrão da raça Husky Siberiano e bem claro na definição – e um cão de trabalho!

Segue o Padrão official:

Reconhecido pela FCI / Fédération Cynologique Internationale ( Padrão 270)publicado e traduzido através  da CBKC- CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA  (24.01.2000), pertence ao grupe 5 – Spitz e tipos primitivos,Cães nórdicos de trenó .País de origem e reconhecido : Estados Unidos da América, origem dos primeiros cães Sibéria/Rússia.

As características  mais importantes do Husky Siberiano são seu tamanho mediano, ossatura moderada, proporções bem balanceadas, movimentação livre e fácil, pelagem apropriada, cabeça e orelhas agradáveis, cauda correta e boa disposição. Qualquer excesso de ossatura ou peso, movimento restrito ou desajeitado, pelagem longa e áspera devem ser penalizados. O Husky Siberiano nunca tem um aspecto tão pesado ou grosseiro a ponto de sugerir um animal de carga, nem tão leve e frágil, sugerindo um animal de corrida. Em ambos os sexos, o Husky Siberiano revela grande resistência. Acrescentam-se às faltas já mencionadas as faltas estruturais comuns a todas as raças que são indesejáveis no Husky Siberiano como em qualquer outra raça, embora não sejam especificamente mencionadas neste padrão.

Husky Siberiano

APARÊNCIA GERAL:

O Husky Siberiano é um cão de trabalho, de porte médio; rápido e ligeiro. Seu movimento é fluente e gracioso. Seu corpo moderadamente compacto com pelagem densa; suas orelhas eretas e a cauda em pincel revelam sua herança nórdica. Seu andar característico é suave e aparentemente sem nenhum esforço. Sua performance original, no arreio de trenó, é muito eficiente, transportando cargas leves a uma velocidade moderada, atravessa grandes distâncias. As proporções e as formas de seu corpo refletem esse equilíbrio básico de força, velocidade e resistência. Os machos da raça Husky siberiano são bem masculinos, mas nunca grosseiros; as fêmeas, bem femininas, porém, sem demonstrar fragilidade em sua estrutura. Em condições ideais, com sua musculatura firme e bem desenvolvida, o Husky Siberiano não deve parecer pesado.

PROPORÇÕES IMPORTANTES:

De perfil, o comprimento do corpo, da ponta dos ombros até a ponta da garupa, é ligeiramente maior que a altura na cernelha.

A distância da ponta do nariz ao stop é igual à distância do stop ao occipital.

COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO:

O temperamento característico do Husky Siberiano é amigável, gentil, mas também atento e expansivo. Não demonstra as qualidades possessivas de um cão de guarda, e tampouco é desconfiado com estranhos ou agressivo com outros cães. Algumas atitudes de reserva e dignidade podem ser esperadas de um cão adulto. Sua inteligência, docilidade e disposição o tornam um companheiro agradável e um cão sempre disposto ao trabalho.

FALTAS:

Agressividade.

Husky Siberiano

CABEÇA:

Crânio: de tamanho médio e proporcional ao corpo; ligeiramente arredondado no topo e afilando gradualmente desde seu ponto mais largo em direção aos olhos. Stop: bem definido.

REGIÃO FACIAL -Trufa: preta nos exemplares de cor cinza, castanhos ou pretos; fígado nos cães de cor cobre; pode ser de cor de carne em cães branco puro. O “nariz de neve” rajado de rosa é também aceito.

Focinho: de tamanho médio e de largura média, afilando gradualmente para a trufa, sem ser pontudo ou quadrado. A cana nasal é reta do stop à ponta do nariz.

Lábios: bem pigmentados e ajustados.

Maxilares / Dentes: fechando em tesoura.

Olhos: amendoados, moderadamente afastados e sutilmente oblíquos. A cor dos olhos pode ser marrom ou azul; aceitam-se os olhos de cores diferentes ou um olho particolorido. A expressão é penetrante, porém amigável, interessada e até um pouco maliciosa.

Orelhas: tamanho médio, triangulares, de inserção alta e próximas. São espessas e bem revestidas de pêlos, levemente arqueadas em sua parte posterior e rigidamente empinadas, com as pontas ligeiramente arredondadas.

Pescoço: de comprimento médio e portado erguido, orgulhosamente, quando o cão está em stay. No trote, o pescoço se estende de maneira que a cabeça seja portada ligeiramente para a frente.

FALTAS:

· Crânio: cabeça grosseira ou pesada; cabeça muito cinzelada; Stop: insuficiente; Focinho: muito pontudo ou grosseiro; ou muito curto ou longo; Maxilares/Dentes: qualquer mordedura que não seja em tesoura; Olhos: de inserção oblíqua ou muito próximos. olhos redondos; Orelhas: muito grandes em proporção à cabeça; muito separadas; insuficientemente eretas.

TRONCO:

Dorso: reto e forte, com a linha superior nivelada desde a cernelha até a garupa. De comprimento médio, sem ser curto ou excessivamente longo.

Lombo:

É tendido e seco, mais estreito que o tórax e, no ventre, é ligeiramente esgalgado.

Garupa:

Está inclinada em relação à coluna vertebral, porém, nunca tão inclinada a ponto de comprometer a propulsão dos posteriores.

Peito:

Profundo e forte, sem ser muito largo; seu ponto mais baixo situa-se logo atrás e no nível dos cotovelos. Costelas bem arqueadas, desde a espinha dorsal, porém, achatando-se nos flancos, de modo a proporcionar liberdade de movimento.

FALTAS:

Pescoço: muito curto e grosso; pescoço muito longo; Dorso: frágil ou selado; dorso carpeado; linha superior inclinada; Peito: muito largo; costelas em barril, sem curvatura ou fracas; Cauda: quebrada ou enrolada,deitada acimo do dorso, excessivamente emplumada; de inserção muito alta ou baixa.

Husky Siberiano

CAUDA:

Bem revestida, com a forma da cauda da raposa, e inserida logo abaixo do nível da linha superior. Usualmente portada acima da linha do dorso, fazendo uma graciosa curva em foice, quando o cão está em atenção, sem enrolar para os lados, nem achatar-se sobre o dorso. Em repouso, o normal é a cauda ficar caída. Pêlos, de comprimento médio, aproximadamente, do mesmo tamanho em todas as direções, conferindo o aspecto de uma escova redonda.

FALTAS:

Cauda: quebrada ou enrolada,deitada acimo do dorso, excessivamente emplumada; de inserção muito alta ou baixa.

MEMBROS:

Anteriores: vistos de frente, em stay, os membros são moderadamente afastados, paralelos e retos A ossatura é substanciosa, sem ser pesada. O comprimento do membro, do cotovelo ao solo, é ligeiramente maior que a distância do cotovelo à cernelha. Ergôs nos anteriores podem ser removidos.

Ombros: a escápula é bem angulada. O braço é ligeiramente oblíquo para trás, desde a ponta do ombro até o cotovelo, e nunca é perpendicular ao solo. Os músculos e os ligamentos que seguram os ombros no tórax são firmes e bem desenvolvidos.

Cotovelos: rentes ao corpo e não virando nem para dentro, nem para fora.

Articulação do carpo: forte e flexível.

Metacarpos: vistos de perfil, estão ligeiramente inclinados.

Posteriores: vistos por trás e em “stay”, os membros são paralelos e moderadamente afastados. As coxas são bem musculosas e poderosas; joelhos bem angulados; jarretes curtos com articulações bem definidas. Ergôs devem ser removidos.

Patas: de tamanho médio; ovais, sem serem longas; compactas e bem revestidas de pêlos entre os dedos e almofadas plantares. As almofadas são bem acolchoadas com a sola resistente. Em “stay”, as patas ficam corretamente direcionadas para a frente.

FALTAS:

· Ombros: retos ou soltos; Anteriores: metacarpos fracos; ossos muito pesados, muito estreitos ou separados na frente; cotovelos soltos; Posteriores: joelhos retos; jarretes de vaca; posteriores muito fechados ou abertos;  Patas: fracas ou espalmadas; dedos desviados para dentro ou para fora; patas muito grandes e grosseiras, muito pequenas e delicadas( pata de lebre- pata de gato)

 MOVIMENTAÇÃO:

A movimentação característica do Husky Siberiano é suave e aparentemente sem esforço. É rápida e ligeira sobre suasHusky Siberiano patas. Quando apresentado em exposições, deverá sempre ser de guia solta. Mostra um trote moderadamente rápido, exibindo assim um bom alcance nos anteriores e boa propulsão nos posteriores. Quando visto de frente e de trás, enquanto caminha, o Husky Siberiano não converge os membros numa trilha única (single tracking), mas à medida que a velocidade aumenta, os membros convergem gradualmente até que as almofadas plantares pisem sobre uma linha diretamente abaixo do centro longitudinal do corpo. Conforme as pegadas convergem, os anteriores e os posteriores movimentam-se para a frente sem que nem os cotovelos, nem os joelhos virem para dentro ou para fora. Cada membro posterior se move para alcançar a pegada do anterior do mesmo lado. Enquanto o cão está em movimento, a linha superior permanece firme e nivelada.

FALTAS:

Passada curta, saltitante ou arritmada; bamboleante; movimento cruzado ou movimentação de caranguejo,movimentação aparencendo muito esforço.

PELAGEM:

Husky SiberianoPêlo: a pelagem do Husky Siberiano é dupla, de comprimento médio e de aparência bem peluda, mas nunca tão longa a ponto de esconder as linhas bem definidas do cão. O subpêlo é macio e denso, de comprimento suficiente para suportar a pelagem de cobertura. Os pêlos de cobertura são retos e suavemente assentados, mas nunca ásperos ou eriçados. Deve-se notar que a ausência de subpêlos durante a época da muda é normal. É permitido aparar os bigodes e os tufos entre os dedos e ao redor das patas para exibir um aspecto mais limpo. Em qualquer outra parte do cão, a tosa não deve ser tolerada, devendo ser severamente penalizada.

FALTAS:

· Pelagem: longa, áspera ou felpuda; textura muito áspera ou sedosa; trimming na pelagem, exceto nas patas e/ou bigodes.

COR:

Todas as cores são permitidas, desde o preto até o branco puro. É comum uma variedade de marcações na cabeça, incluindo muitas combinações não encontradas em outras raças.

TAMANHO / PESO:

Altura na cernelha: Machos: 53,5 cm a 60 cm. – Fêmeas: 50,5 cm a 56 cm.

Peso: Machos: 20,5 kg a 28 kg. – Fêmeas: 15,5 Kg a 23 kg.

O peso é proporcional à altura. As medidas mencionadas acima representam os limites extremos de altura e peso, sem dar preferência a nenhum dos extremos. Qualquer aparência de excessiva ossatura ou peso deve ser penalizada.

FALTAS:

Disqualificante -· Machos, acima de 60 cm e Fêmeas.

 

Husky Siberiano

 

 Informações extraídas do site do Canil Vega Star Kennel – Husky Siberiano.

3 Comments

  1. victor mamede nogueira disse:

    oi , tenho um filhote de husky e tenho outro cachorro que anda sem coleira e muito obediente, queria saber se eh muito arriscado andar com um husky sem coleira ,, levando em conta a caracteristica da raça?? se o meu outro cao poderia me auxiliar no adestramento ???
    abrigado !!!

  2. joana disse:

    sou fotografa de caes.sou apaxonada por eles.


Pesquise!

Curtir no facebook

Receba atualizações no seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Sobre nós